• Patricia Viciana

Tikal - Pirâmides e Ruínas Maias no meio de uma floresta tropical

Atualizado: 21 de Fev de 2019




Tikal é considerado Patrimônio Mundial , Natural e Cultural da Humanidade pela UNESCO , graças a sua grande importância natural e histórica .

Tikal faz parte da Reserva da Biosfera Maia - uma enorme área que protege a vegetação da região de Petén , com rica biodiversidade de flora e fauna ( pássaros , macacos , pacas e até felinos como puma , onça ) .




História :

Com 576 km.2 , 16 km de áreas mapeadas , e mais de 4000 estruturas e construções , que remontam evidências de ocupação de 800 a.C , até 900 d.C , Tikal foi uma das maiores cidades Maias da "Era Clássica " . Diferente dos Astecas e dos Incas , as cidades maias não tinham uma capital , eram independentes , podendo ser rivais ou aliadas de acordo com seus objetivos .

Segundo os historiadores , o apogeu de Tikal começou no ano 200 , e foi até o ano 600 , mantendo grande influência em todo a Mesoamérica , pois dominava grande parte da civilização Maia e possuía uma população em torno de 50 mil habitantes .

No século 9 , a cidade começou a entrar em colapso e a diminuir sua população , possivelmente devido a superpopulação , a falta de alimentos e escassez de água . No século 11 , a cidade foi abandonada . Quando os espanhóis chegaram na região , no século 16 , a cidade já estava completamente abandonada e tomada pela floresta .

Parque Nacional de Tikal


O sítio arqueológico de Tikal localiza-se dentro de um imenso parque chamado Parque Nacional de Tikal , que fica dentro de uma floresta tropical , ou seja , as atrações do parque vão além das ruínas , pois existe grandes chances de ver os animais nativos como pássaros , quatis , ou até onças . O ingresso para entrar no Parque Nacional de Tikal custa 150 Quetzais ( US$20) . Por vários séculos as ruínas de Tikal ficaram escondidas na floresta . Em 1950 , começaram as escavações arqueológicas e prosseguem até hoje .

As ruínas de Tikal ficam em uma área muito extensa , diferente de outros sítios arqueológicos maias , como Chichén Itzá e Palenque . Ou seja , para poder ver tudo é necessário caminhar bastante , e recomendo que contrate um guia , ou pegue um tour , pois existem várias trilhas na mata , e até atalhos que somente quem conhece bem o local pode indicar , otimizando o tempo de sua caminhada , te levando diretamente aos pontos de interesse .

A entrada do Parque começa por uma trilha com muitas árvores nativas com grandes copas - Ceiba , que era a mais importante para os Maias , conhecida por " Árvore da Vida ", pois seu tronco conectava os dois mundos ( mundo e o infra mundo ) . Essas árvores eram usadas em rituais , o povo se reunia em volta do tronco para agradecer ou pedir algo .


Templos As pirâmides são chamadas de Templos e possuem numerações : Templos I , II , III , IV , V e VI.

Não há uma quantidade grande de ruínas , mas estão espalhadas pelo Parque , e o principal são as 4 pirâmides : Templo I - Del Gran Jaguar , Templo II - de las Mascaras , Templo III - del Sacerdote Jaguar , Templo IV - de la Serpiente de dos Cabezas . Na Praça Principal , ficam os Templos I e II . E ainda hoje nesse local são realizados cultos e celebrações religiosas Maias .

✶ Templo I - Templo del Gran Jaguar de Tikal - é o mais conhecido de todos , e é o símbolo da Guatemala . Não é permitido subir no Templo I . Tem 45 metros de altura . Foi construído por Jasaw Chan K'awill ( 26 governante de Tikal ) , por volta do ano 710 d.C . Foi usado como templo funerário , guardou seu próprio corpo . Nas portas do Templo , tem detalhes de madeira talhada com a imagem do governante sentado em um palaquim , celebrando sua entrada gloriosa em Tikal , após ter vencido a guerra contra seu maior inimigo Calakmul . Nessa mesma cena talhada pode-se observar nas costas de Jasaw , um grande jaguar , mostrando seus dentes e suas garras , protegendo o governante . Deste detalhe que surgiu o nome desse Templo.


✶Templo II - Templo de las Máscaras

Fica de frente para o Templo I , formando a Grande Praça , que é o centro cerimonial principal de Tikal .

Tem 38 metros de altura .

Foi construído por volta do ano de 700 d.C , pelo mesmo construtor do Templo I - governante Jasaw Chan K'awill , para ser o monumento funerário de sua esposa - Sra. Lachan Uneh' Mo' - Senhora de 12 caudas de Guacamaya . Dentro do Templo existe uma escultura de sua esposa talhada em madeira , vestida ricamente e cheia de jóias . O nome do Templo surgiu de detalhes que decoram os frisos do Templo , restos do rosto da Sra. de 12 caudas , com 6 metros de altura .

Pode-se subir nas escadarias do Templo , e tirar uma linda foto do Templo I .




✶Templo III - Templo del Sacerdote Jaguar

Foi o último dos grandes Templos de Tikal a ser construído . Tem 54 metros de altura , é o 2º mais alto de Tikal .

No seu interior tem detalhes de madeira talhada com a imagem do governante do Sol Escuro , vestido com uma pele de jaguar , que cobre todo seu corpo , dançando . Foi construído por volta do ano de 810 d.C .

Encontra-se quase todo encoberto . Seu topo se destaca entre as árvores da floresta quando se observa a partir do mirador do Templo IV .




✶Templo IV - Templo de la Serpiente de dos Cabezas ( Templo da Serpente de 2 cabeças )

É a obra mais alta e impressionante do Período Clássico da história Maia .Tem 70 metros de altura e uma base de 5,248 metros2 . Foi construído pelo 27 governante de Tikal - Yik'in Chan K'awill , filho do 26 governante .

Tem uma grande serpente com 2 cabeças em um dos detalhes do Templo . Esse governante manteve Tikal invencível até o ano de 900 d.C , quando a cidade foi abandonada .

Encontra-se praticamente todo soterrado , somente a pontinha de cima e parte da escadaria principal estão descobertos . Pode-se subir nesse templo . A subida é cansativa , mas a vista é linda .




↕️ Escadarias de acesso para subir no Templo ... Haja pernas !!! 😅



⬆️ Vista panorâmica do topo do Templo IV . Pode-se ver ao fundo os outros 3 Templos : III ( mais próximo ) , II e I (ao longe ) .

✶Templo V - Foi o 1º grande Templo construído em Tikal , por volta do ano de 600 d.C, e não existiu outro edifício parecido até 100 anos depois . É o 3º Templo mais alto de Tikal , tem 57 metros de altura .

E foi também o 1 º Templo a ser visitado após a descoberta de Tikal . No topo da construção encontram -se 11 máscaras grandes da divindade Maia da Chuva : Chac .

Foi construído pelo governante 22 de Tikal , conhecido por Crânio Animal , o mesmo foi enterrado no Templo 32 na Acrópole Norte , que foi construído no mesmo eixo do templo V . O Templo se sobressai pela sua majestosa escadaria com degraus arredondados .


Plaza de los Siete Templos - É uma praça com 7 Templos quase idênticos e alinhados . Nesta praça se jogava o Jogo de Bola , o qual se praticava com uma bola extremamente pesada , e os jogadores só podiam rebater com os glúteos . O " jogo " era realizado somente em datas especiais , sendo o vencedor sacrificado , como um sinal de oferenda aos Deuses . Ou seja , o vencedor entregava sua vida e era sacrificado, e o perdedor era condenado à completa escravidão , como se pagasse , por esta derrota e desonra durante sua vida .


Os pesquisadores da Universidade da Pensilvânia batizaram Tikal como : Mundo Perdido - maior centro cerimonial do período pré-clássico maia .

Em sua estrutura tem uma pirâmide que era usada para estudos meteorológicos , e tinha uma grande base que abrigava 3 templos .

Muitos templos e construções estão cobertos ou totalmente tomados pela vegetação . A explicação para não manterem dessa forma foram duas :

- o sítio arqueológico é muito grande e a vegetação que hoje existe é centenária , pois demorou muitos anos para reflorestar o que os maias haviam devastado , e isso afetaria novamente o equilíbrio ecológico ;

- falta de recursos financeiros para aprofundar as investigações sobre essa civilização .







Dicas :

- O Parque não tem acesso para pessoas com problemas de locomoção.

- Por ser muito grande a área do Parque , prepare-se para caminhar . Use roupas e calçados ( botas de trekking ) confortáveis .

- Não pode faltar : repelente , água , capa de chuva , protetor solar , óculos de sol , boné !!!

A variação climática é grande. Prepare-se para encarar terrenos com terra , pedras escorregadias , piso encharcado e de repente o sol voltar a brilhar .

- Dentro do complexo existem restaurantes , lanchonetes , lojinhas de artesanato , e museu .

- Contrate um guia !!!


Localização : Flores é uma cidade em Petén , na Guatemala . A cidade propriamente dita é uma ilha no Lago Petén Itzá , ligada à terra por uma calçada , do outro lado da qual se encontram as cidades gêmeas Santa Elena e San Benito . Todos os três são muitas vezes referidos como Flores

Tikal fica no norte da Guatemala , no estado de Petén , a 500 km da capital do país .


Como Chegar ?

Cidade da Guatemala - Tikal = 480 km .


Pode-se chegar de ônibus da Autobuses del Norte ou Línea Dorada (8h a 9h de trajeto).


Vôo para Flores = 50 minutos . Companhia aérea : TAG Transportes Aéreos Guatemaltecos )


Mas , de qualquer forma é necessário pegar um outro transporte para chegar ao parque (60 km) . Outra alternativa é fazer uma excursão de um dia . Algumas companhias que organizam esses tours são a Neys Viajes Y Turismo , Clark Tours , Maya Vacations .


Horários de visitas - 6 às 17 horas .

As agências de turismo oferecem 3 horários para esse tour . O mais comum é das 8 às 16:30 horas , incluindo o tempo de deslocamento de Flores a Tikal (1:30 horas para a ida e o mesmo tempo para a volta ) , tempo para almoço . A visita a Tikal dura em média 4 horas .

Outros horários de tour são : das 3:30 hrs (para ver o nascer do sol de cima do Templo IV ) ; 4:30 horas ( saída de Flores e chegada a Tikal no horário em que o Parque abre, às 6 horas ) .

Para ver os animais o tour das 4 horas é o mais indicado .

Para outras informações acesse :





Onde ficar ? Flores - é a cidade com mais infraestrutura e fica a 65 km de Tikal , ou seja , 1:30 horas de viagem . Outra opção é se hospedar em El Remate que fica a 34 km de distância e a 50 minutos de Tikal .


Hotéis Existem hotéis dentro do complexo do Parque Nacional de Tikal.

Fiquei hospedada em Flores , de frente para um lago - Hotel Las Lagunas Boutique .

Amei a localização , e o hotel . Sintonia e harmonia com a natureza ! Depois de explorar Tikal , nada mais delicioso do que ficar no ofurô do quarto apreciando a vista do lago . Relax total !

Sem contar que o serviço e o restaurante do hotel foram muito bons .



#Culturamaia #AméricaCentral #Guatemala #Tikal